terça-feira, 14 de abril de 2009

Do tamanho das coisas

Quando fizemos o projeto da casa, queríamos o quintal e a área de lazer grande. Não medimos esforços para o projeto ter nossa cara. O engenheiro penou, mas no fim ficou perfeito.
Com isso a área interna não ficou grande, digo, os quartos e banheiros.
E isso virou alvo de severas críticas.

Para eu que morei em apartamentos minúsculos, que já dividi o quarto com minha irmã quando solteira num apê que era menor que aquele que morei depois de casada , não to achando " tanto pelo em ovo assim" !!

Meu quarto comportará minha cama box queen, um criado mudo de cada lado (coisa que nunca coube no apê) , uma poltrona e uma chapeleira ou cabideiro.
E ainda terei um closet enooorme me esperando.

Eu tenho a seguinte opnião : os quartos precisam ser arejados, confortáveis, iluminados, práticos; mas que não seja sua casa. O quarto é para descanso, para amores, para sonhos, para relaxamentos.

Eu quero mesmo viver a vida lá fora. Curtir o sol, a chuva, minhas plantas, meus amigos e família.

Será que to delirando? Se estiver, me desculpem, é que hoje posso, estou com a pata direita traseira ( pé) contundida.
E se Deus me ajudar, hoje chego em casa mais cedo e faço repouso!!! Ordens do médico!

obs: continuo o post amanha, to indo!!!

2 comentários:

Théa disse...

Vc esta certíssima, no quarto se descansa o que cansamos lá fora, adorei o post, penso igual, bju

Pri disse...

Parece até que este post foi escrito por mim... rsrsrsrsrs... avida é para ser vivida lá fora e não cercada por concreto... nada melhor do que um jardim gostoso, uma área de lazer prazerosa, o ar puro, o calorzinho do sol... amo muito tudo isso e qdo eu for construir, farei o mesmo que vc!!! PARABENS PELO BB